"A vida não é justa com ninguém" - a conversa entre Krishna e Karna no Mahabharata

16/05/2020

 

O diálogo a seguir é apenas uma das inúmeras histórias da tradição védica vastamente populares na Índia e que hoje são também conhecidas e apreciadas em diversas partes do mundo por sua propagação nas redes sociais. 

 

Assim como as histórias que fazem parte de grandes épicos (Mahabharata, Ramayana, Puranas) esta conversa entre Shri Krishna e Karna traz de forma alegórica um pouco da sabedoria hindu sobre Tyag (sacrificio) e Dharma (retidão).

 

Karna – também conhecido como Vasusena, Anga-raja, Radheya – foi primeiro filho da princesa Kunti quando ela era apenas uma adolescente e Surya Dev. Kunti abandonou a criança que acabou sendo adotada e criada na simplicidade, apesar de possuir qualidades da nobreza herdada dos pais verdadeiros.

 

Senhor Krishna tenta persuadir Karna a lutar em favor dos Pandavas e o diálogo abaixo faz parte desta narrativa. Confira!

 

 

Conversa entre Krishna e Karna no Mahabharata

 

Karna pergunta a Krishna:

 

"Minha mãe me abandonou no momento em que nasci. É minha culpa ter nascido como uma criança ilegítima?

 

Eu não recebi educação de Dhronacharya (guru dos Pandavas) porque eu não era considerado um Kshatrya.

 

Parsuraam me aceitou como discípulo, mas me amaldiçoou quando soube que eu era filho de Kunti, dizendo que eu esqueceria tudo o que me foi ensinado quando fosse o momento.

 

Uma vaca foi atingida acidentalmente pela minha flecha e seu dono me amaldiçoou por algo que não tive culpa.

 

Fui desonrado no Swayamvar de Draupadi.

 

Até mesmo Kunti, por fim, me disse a verdade apenas para salvar os outros filhos dela. 

 

Tudo o que recebi foi por causa da boa vontade de Duryodhana. Agora você diz que é errado ficar do lado dele?"

 

Prabhu Krishna responde:

 

"Karna, eu nasci em uma prisão.

 

A morte estava esperando por mim mesmo antes do meu nascimento.

 

A noite em que nasci, fui separado dos meus pais.

 

Quando criança, cresci ouvindo o barulho de espadas, carruagens, cavalos, arcos e flechas. Mas o que havia para mim era apenas galpão, esterco e várias tentativas contra minha vida antes mesmo que eu pudesse andar!

 

Nenhum exército, nenhuma educação. Eu apenas ouvia as pessoas dizendo que era a razão de todos os seus problemas.

 

Quando todos vocês tinham o apreço de seus professores por suas qualidades, eu não havia recebido nenhuma educação.

 

Entrei para o Gurukul do Rishi Sandipani apenas aos 16 anos!

 

Você é casado com uma garota de sua escolha. Eu não consegui a garota que eu amava e acabei me casando com aquelas que me queriam ou com aquelas que eu resgatava de demônios.

 

Eu tive que mudar minha comunidade inteira das margens do Rio Yamuna para longe da costa afim de salvá-las de Jarasandh. Fui chamado de covarde por fugir!

 

Se Duryodhana vencer a guerra, você receberá muitos méritos. O que eu ganho se Dharmaraja vencer a guerra? Somente a culpa pela guerra e todos os problemas que vierem disto...

 

Lembre-se de uma coisa, Karna. Todo mundo tem desafios na vida a enfrentar

 

A VIDA NÃO É JUSTA E FÁCIL PARA NINGUÉM!"

 

Veja Também: Pitru Paksha: Saiba o que significa os 15 dias de honra aos ancestrais

 

 

Quem é Karna no Mahabharata?

Karna, o melhor dos Doadores. Fonte: crédito

 

Como se sabe, o Bhagavad Gita é a parte do Mahabharata na qual Shri Krishna dá instruções transcendentais a Arjuna antes da grande guerra de Kurukshetra. Nesta guerra, Arjuna se vê obrigado a liderar seus irmãos, os Pandavas, contra os Kauravas que - apesar de serem seus oponentes - também são parentes, mestres, pessoas próximas dos Pandavas.

 

Um pouco antes do início desta guerra, Karna, um dos integrantes do lado opositor, descobriu ele é na verdade filho de Kunti, a mãe dos Pandavas e irmão mais velho de Arjuna. 

Esta história ensina que o que é Certo (Dharma) é conhecido pela Consciência. Não importa quanta injustiça tenhamos sofrido, quantas vezes tenhamos sido desonrados, quantas vezes caímos, o importante é como reagimos naquele momento.

 

As injustiças da vida não nos dão licença para seguir o caminho errado... A vida pode ser difícil em alguns momentos, mas o destino não é criado pelo calçado que usamos e sim pelos passos que damos.

 

Veja Também: Como Krishna conseguiu ajudar o Brahmane e Arjuna não

 

 

 

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

banner-portal-vedico.png
Please reload

Please reload

Dr. Frawley sobre Ram Mandir: Uma vitória da Herança Espiritual de toda Humanidade

NaturalTech: feira que reúne marcas de produtos naturais e linhas indianas em SP

Amit Goswami, conheça o físico quântico que vem ao Brasil em abril de 2019

Estréia no Brasil filme sobre Vasant Lad, primeiro médico de Ayurveda no Ocidente

1/2
Please reload

7 Costumes Tradicionais da Índia que previnem Vírus, pelo jornalista Udaylal Pai

18 Apontamentos sobre Meditação, uma visão moderna da prática por Ashish Jain

1/3
Please reload