9 Passos para Plantar Gengibre em Vaso, a Super Especiaria da Culinária Indiana

14/04/2020

 

Muitos não sabem, mas apenas tendo em casa um canto arejado, com boa iluminação, um vaso e um pouco de terra é possível plantar, e ter sempre à mão, suas especiarias favoritas cultivadas de forma orgânica e saudável.

 

Açafrão-da-terra, coentro, manjericão, curry... A lista de temperos que podem ser cultivados em vaso é grande. De todas elas, o gengibre – que é vastamente utilizado na culinária indiana e também utilizado como remédio ayurvédico – é  a mais fácil especiaria de plantar e manter em casa.

 

Para começar, nem é preciso conseguir sementes para plantar o gengibre: ele é plantado a partir do próprio rizoma, ou seja, é só comprar um pedaço de gengibre e esperar a formação de alguns brotos em sua superfície para poder plantá-lo na terra. 

 

Ele também pode ser facilmente cultivado por quem mora em apartamento, pois não exige Sol direto, crescendo até mesmo em espaços apenas bem iluminados como janelas e varandas de edifícios.

 

Veja também: Benefícios do Saffron (Açafrão) e porque ele é diferente do Açafrão-da-terra

 

Abaixo trazemos um passo a passo básico de como plantar o gengibre em vaso, sua manutenção e colheita. Confira!


Benefícios do Gengibre, segundo o Ayurveda
 

O gengibre é um tempero sátvico sendo chamado de Vishwabhesaj, na literatura ayurvédica que significa "Remédio Universal". Em hindi, o gengibre é encontrado pelo nome Adrak. Sendo um tempero sátvico e também um remédio universal pode ser usado diariamente como refogado e também como chá para uso medicinal.

 

Ele ajuda a equilibrar os doshas Vata e Kapha e agrava Pitta, então para as pessoas de constituição Pitta a recomendação é dar preferência para gengibre fresco (não em pó), além de usá-lo com moderação.

 

Entre seus principais benefícios estão: curar dores e inflamações nas articulações, cólicas menstruais, auxilia na digestão, melhora a imunidade, antibacteriano, analgésico e até mesmo combate  o câncer.

 

Como plantar Gengibre em 9 Passos (com fotos)

 

Passo 1 - Preparando o Broto

 

Primeiramente, compre um pedaço de gengibre de preferência orgânico. Deixe-o em local relativamente úmido que propicie formação de brotos como na foto. 


Em cidades litorâneas, quentes e úmidas isso acontece naturalmente, deixando o gengibre em uma fruteira; em cidades mais secas e frias a dica é colocar o gengibre sobre uma terra úmida (pode ser de um outro vaso de plantas) e esperar a brotação (foto abaixo).

 

Gengibre acomodado em um vaso de terra úmido com uma tupperware em cima facilitando a brotação

 

Passo 2 - Como escolher o vaso

Com um vaso de 20 litros já é possível plantar um a dois brotos de gengibre. Em vasos maiores de 40 cm de diâmetro é possível plantar várias mudas. O solo precisa ser bem soltinho. Antes de colocar a terra é preciso preparar o recipiente. Além de fazer furos na base do vaso, será preciso fazer duas camadas para drenagem, conforme a seguir.

 

Passo 3 - Camadas de Drenagem

 

 Um vaso sendo preenchido com a camada de drenagem, na terceira imagem um modelo com areia de construção e na quarta imagem a manta bidim que substitui a areia. Imagem: fonte

 

Camada de Drenagem é a Camada feita no fundo do vaso para drenar toda água da rega ou chuva que a planta receber.

 

Fazer uma camada de drenagem ao fundo do vaso utilizando argila expandida (vendida em casas de jardinagem ou pets) ou pedras. Dois a três dedos de altura já é o suficiente para que toda a água da rega seja bem escoada. 

 

Colocar uma camada de aproximadamente 5 cm de areia de construção sobre a argila ou um pedaço de manta bidim* (vendida em casas de jardinagem ou pets) cobrindo a superfície acima da argila. Isto evita que a terra se assente no fundo do vaso, entre as pedras, impedindo a água de escoar adequadamente.
*não substituir a Manta Bidim por panos que podem apodrecer com o tempo dentro do vaso.

 

Passo 4 - Preparação da terra 
 

 Imagem: fonte

 

Deve-se misturar terra vegetal, um pouco de humus de minhoca e 10% de areia para manter a terra nutrida e fofa e possibilitar as raízes e planta se desenvolver. De preferência misturar os itens acima na proporção 50%, 40% e 10% respectivamente.

 

Passo 5 - Preparação da Muda de Gengibre

Cortar um pedaço com cerca de 5 cm ao redor de cada broto. Cada broto frutificará uma muda de gengibre.

 

Passo 6 - Como Plantar na Terra?

Plantar cerca de 5 cm abaixo da terra de forma que o caule, ou seja, a parte mais verdinha do broto, fique para fora da terra. Em seguida regar. Conforme a planta vai crescendo você vai perceber que a parte da raiz vai começar a ficar exposta e aparecer para fora da terra. Quando isso acontecer é só acrescentar um pouco mais de terra e ir cobrindo a raiz do gengibre.

 

Passo 7 - Regas e Exposição ao Sol

O gengibre gosta de climas subtropicais, temperatura na faixa de 17 a 35 graus. É necessário manter a terra úmida (sem encharcar), então regar 1 vez ao dia ou a cada 2 dias é o suficiente. Dê preferência às regas na parte da manhã ou ao fim do dia. 

 

Passo 8 - Adubação e Compostagem

 

Como o gengibre é uma planta perene, de tempos em tempos é bom adubá-la para que ela continue a fornecer rizomas grandes e ideais para consumo. A Adubação poderá ser feita aplicando na terra ao redor da planta um pouco de terra de compostagem, ou seja, aquela terra curtida com cascas de frutas, legumes, cascas de ovos, folhas secas, borra de café, semente de abacate ralada, sementes de abóbora triturada – todos esses itens ajudam a fornecer nutrientes para o crescimento da planta.

 

Passo 9 - Colheita do Gengibre

A colheita acontece de 7 a 12 meses após o plantio. Quando as folhas da planta começam a ficar amareladas isso significa que já pode ser colhido. Não é necessário puxar toda a planta de uma vez do vaso para colhê-la. Para que você continue tendo gengibre em vaso, escave a terra até encontrar o rizoma e corte metade ou apenas uma parte dele e deixe o restante na terra. Desta maneira, você continuará a ter o pé de gengibre crescendo e frutificando.

 

Após colhidos eles devem permanecer ao Sol por 2 dias e então estará pronto para consumo. 

 

Agradeça à terra, à mãe natureza e à planta por lhe fornecer este alimento. Mostrar sua gratidão também é importante ao manter qualquer tipo de planta em casa seja flores, tubérculos, legumes, especiarias.

 

Veja também: Receita Fácil de Sopa Ayurvédica para Limpeza de Toxinas do Organismo

 

 

 

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

banner-portal-vedico.png
Please reload

Please reload

Dr. Frawley sobre Ram Mandir: Uma vitória da Herança Espiritual de toda Humanidade

NaturalTech: feira que reúne marcas de produtos naturais e linhas indianas em SP

Amit Goswami, conheça o físico quântico que vem ao Brasil em abril de 2019

Estréia no Brasil filme sobre Vasant Lad, primeiro médico de Ayurveda no Ocidente

1/2
Please reload