Rajasraava: o período menstrual e o Ayurveda


O ciclo menstrual tem 28 dias assim como o ciclo lunar que alterna entre Lua cheia e Lua Nova e calculá-lo a partir da Lua é uma das formas mais antigas de calendário menstrual.

É dito que na antiguidade as mulheres em geral passavam pelo período, ao mesmo tempo, na Lua Nova. Acredita-se que essa sincronicidade acontecia pois sem a luz elétrica o ciclo era regularizado apenas pela luz da Lua, o que sincronizava a humanidade aos ciclos da natureza.

Um dos nomes para menstruação em sânscrito é Rajasraava que significa "fluir do rajas". Rajas neste caso é traduzido como sangue e também se refere a Rajas Guna (*veja mais sobre os Gunas ao final do texto). Isto significa que nesse período o corpo físico feminino elimina o excesso de energia Rajásica (a energia do movimento, fluir, ação, podendo expressar também emoções negativas como raiva, frustração, irritação, intransigência, mudança de humor).

De acordo com o Ayurveda o ciclo menstrual consiste de 4 fases, sendo elas:

1ª semana (1 a 7): começa com o primeiro dia de menstruação. Níveis de estrogênio começam, aos poucos, a aumentar e o peso da Tensão Pré Menstrual diminui. Este período é considerado um período de limpeza e remoção de todos os pensamentos e emoções negativas. É um período ideal para introspeção.

2ª semana (7 a 14): pré-ovulação, é o período de grande energia, onde estrogênio e serotonina estão nos melhores níveis. Aumento de energia, ação, disposição. Boa fase para o trabalho criativo.

3ª semana (14 a 21): fase do ovulação onde as mulheres se sentem mais inclinadas à beleza, estética, cuidados com o físico, aparência. Pode ser também um período de maior vulnerabilidade já que a tendência será de se conectar com as pessoas e o mundo ao redor. Período de discernimento onde é importante se manter os pés no chão.

4ª semana (21 a 28): começa-se a sentir o efeito do decréscimo de estrogênio e aumento de progesterona. Maior pré-disposição à introspecção. Pesquisas têm mostrado que no 3º e 4º períodos há maior atividade do lado direito do cérebro (associado a intuição), um bom período para se confiar na intuição.