Navavidha Bhakti: as 9 Formas da Devoção, segundo Rama no épico Ramayana

Ramayana é um grande épico indiano que descreve a passagem do avatar Rama sobre a Terra na época da Treta Yuga – a Era de Prata da humanidade que seguiu-se após a Era de Ouro (Satya Yuga). Em sânscrito Ayana significa "avançando, indo", então Ramayana traduz-se como "A viagem de Rama".

Rama era um príncipe popular, virtuoso e querido em Ayodhya, o local onde vivia. Era o filho mais velho do rei Dasaratha.

Todo drama se inicia quando o rei se vê forçado a mandar Rama para floresta, em exílio, por 14 anos por causa de uma de suas esposas chamada Kaikeyi. A rainha queria que seu filho fosse coroado rei ao invés de Rama que, sendo o filho mais velho seria o sucessor de Dasaratha ao trono.

Rama parte para o exílio com Lakshamana, seu irmão e com sua esposa Sita. Lá, ela acaba sendo raptada por um demônio chamado Ravana. A principal parte da história descreve a saga de Rama em busca de Sita que fora aprisionada no Sri Lanka. Para isto, Rama conta com a ajuda de Hanunan ji e seu exército de Vanaras (símios humanóides).

A história de Shabari

Toda a trajetória de Rama, desde seu nascimento até sua morte foi compilada em sete livros escritos por Valmiki. Cada livro descreve uma parte da heróica vida do Avatar além de trazer inúmeros exemplos de virtudes e ensinamentos que são de grande valia mesmo para os dias atuais.