Modakas: o Doce preferido de Ganesha à base de Arroz, Coco e Açúcar Mascavo

08/05/2020

 

Senhor Ganesha é uma das deidades mais populares e reverenciadas na Índia e em todo mundo, sendo conhecido por 108 nomes diferentes, entre os mais populares Ganesh, Ganapati, Vinayaka, Vigneshwara, Pillaiya.

 

Ele é considerado o Senhor das Artes, Ciências e o deva da Sabedoria, sendo invocado no início de cerimônias. Ele é o Deus da sabedoria e intelecto e considerado aquele que remove obstáculos. Reverenciá-lo pode trazer a solução para impedimentos que surgem em nossas vidas.

 

As bençãos de Ganapati trazem aos devotos clareza de pensamento, força, coragem, prosperidade e sucesso. 

 

O Doce oferecido na Comemoração de Ganesha Chaturthi

 

Ganesha Chaturthi é uma celebração de 10 a 14 dias  marcada pela presença de grande Murthis (imagens) de Ganesha decorados com flores para a qual são feitas várias oferendas como coco, açúcar mascavo, flores vermelhas e, é claro, as Modakas (doce favorito de Ganesha). 

 

Veja também: Passo a Passo como fazer um pequeno Pooja para Ganesha em casa

 

Durante a cerimônia, bhajans e stotras são cantados e o fim das celebrações terminam com a imersão da deidade do Senhor Ganesha em água de rio ou mar, sendo o Festival comemorado em toda a Índia. 

 

Nascimento de Ganesha

 

Nascimento de Ganesha. Imagem: fonte

 

A versão mais popular sobre o nascimento de Ganesha conta que a Deusa Parvati criou Ganesha a partir dos restos do seu corpo enquanto tomava banho e colocou-o para guardar sua porta enquanto ela terminava seu banho.

 

Shiva, estava ausente naquele tempo e, ao voltar, Ganesha não sabia dele, tendo o impedido de entrar. Shiva irritado cortou a cabeça de Ganesha após um combate entre os dois.

 

Parvati ficou furiosa e Shiva prometeu que Ganesha viveria novamente. Devas foram em busca de uma cabeça voltada para o norte do primeiro ser que encontrassem sem vida no caminho. Conseguiram apenas a cabeça de um elefante. Shiva fixou a cabeça do elefante na criança e o trouxe de volta à vida.

 

Passo a passo da Receita de Modakas (com fotos)

 

Recheio:

- 1 xícara de coco fresco ralado (aproximadamente metade de 1 coco seco)

- 1/2 xícara de açúcar mascavo

- 1 colher de chá de Cardamomo em pó

Massa:

- 1 xícara de Farinha de Arroz

- 1 xícara de água

- 1 colher de chá cheia de Ghee

- pitada de Sal

 

Modo de Preparo

 

Comece separando todos os ingredientes e ralando o coco no ralador. Aprenda a Maneira fácil de abrir côco seco usando a chama do fogão

 

 Em uma panela, em fogo baixo, adicione o coco ralado, toste levemente

 

 Adicione o açúcar mascavo, mexa um pouco, em seguida adicione o cardomomo em pó

 

 Mexa um pouco somente até o açúcar derreter (aproximadamente 2 a 3 minutos). Reserve.

 

 Em uma panela, leve ao fogo a água, ghee e sal até ferver. Após ferver acrescente a farinha de arroz.

 

Mexa bem, ficará algo parecido com tapioca, deixe descansar por 5 minutos

 

Coloque a mistura em um recipiente fundo e sove até ficar uma massa homogênea. Se necessário adicione um pouco de água para dar o ponto

 

 Faça bolinhas (aproximadamente o tamanho de um limão pequeno)

 

 Agora é hora de rechear, achate um pouco a bolinha e abra ela cuidadosamente em um formato de prato

 

Coloque o recheio no meio e cuidadosamente feche a bolinha com as mãos com cuidado para a massa não partir

 

 Recheadas todas as bolinhas, leve para cozinhar no vapor por 10 minutos

 

 Está pronta as deliciosas Modakas

 

 

Veja também: Ganesha Chaturthi 10 dias de celebração da deidade hindu mais popular

 

 

 

 

 

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

banner-portal-vedico.png
Please reload

Please reload

Dr. Frawley sobre Ram Mandir: Uma vitória da Herança Espiritual de toda Humanidade

NaturalTech: feira que reúne marcas de produtos naturais e linhas indianas em SP

Amit Goswami, conheça o físico quântico que vem ao Brasil em abril de 2019

Estréia no Brasil filme sobre Vasant Lad, primeiro médico de Ayurveda no Ocidente

1/2
Please reload

7 Costumes Tradicionais da Índia que previnem Vírus, pelo jornalista Udaylal Pai