6 Benefícios do uso da Rudraksha e dicas de uso

12/04/2018

 

Rudraksha são sementes sagradas de uma árvore que cresce a uma determinada altitude nas montanhas, geralmente na região dos Himalaias. Elas são usadas há milênios por devotos do Senhor Shiva. É dito que usá-las protege contra forças contrárias, provê energia, cura influências maléficas dos planetas, entre outros. 

 

Mas qual a ciência por trás de seu uso e porque é comum vermos gurus e iogues portando as sementes na forma de japamalas e braceletes e diversos outros tipos de acessórios?

 

 

As sementes que armazenam energia

Sannyasins e sadhus geralmente precisam viajar para muitos lugares. É regra para um sannyasin não ficar mais de dois ou três dias no mesmo lugar. Há necessidade de comer e dormir em diferentes locais de peregrinação e diferentes templos.

 

Neste contexto, usar as rudrakshas é fundamental, pois o que a semente faz é armazenar e purificar a sua própria energia pessoal, então a flutuação de energia que ocorre por estar em um local diferente é menos sentida.

 

Veja também: O segredo da vida ideal segundo os sábios da Índia: Purusartha

 

Em nosso mundo moderno, vivendo em cidades lotadas  precisamos também nos deslocar diariamente para lugares diferentes: trabalho, supermercado, banco, faculdade. Nem sempre a energia dos locais para onde vamos são acolhedoras.

 

Diante desse estilo de vida que levamos, o uso das sementes de rudraksha pode pode ser muito benéfico.

 

6 Principais benefícios das Rudrakshas

Abaixo listamos os 6 principais benefícios do uso regular da Rudraksha no seu dia a dia:

 

1 -  Propriedades curativas para muitas doenças, entre elas: hipertensão, problemas cardíacos e estomacais

 

2 - Equilíbrio das energias Ida e Pingala e chakras

 

3 -  Age como um escudo contra energia negativa

 

4 - Propriedades rejuvenescedoras 

 

5 - Ajuda a curar desequilíbrios mentais e emocionais como: estresse, ansiedade e depressão


6 - Promove paz mental e poder de concentração.


 

Algumas dicas de uso

Se forem usadas como Mala (rosário) este deve ter 108 contas mais uma semente extra que é chamada Bindu.

 

É recomendado trocar o fio que une as Rudrakshas periodicamente, principalmente quando se vê que o fio está gasto. Dessa maneira você evita que o fio se arrebente e que você as perca na rua ou qualquer outro lugar.

 

Pode-se tomar banho ou molhar as rudrakshas, desde que: 1) a água esteja na temperatura ambiente (não pode ser água quente), 2) não seja usado nenhum sabonete ou produto químico nelas. Este cuidado evita que as rudrakshas se quebrem ou se desfaçam com o tempo.

 

 

 

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

banner-portal-vedico.png
Please reload

Please reload

Dr. Frawley sobre Ram Mandir: Uma vitória da Herança Espiritual de toda Humanidade

NaturalTech: feira que reúne marcas de produtos naturais e linhas indianas em SP

Amit Goswami, conheça o físico quântico que vem ao Brasil em abril de 2019

Estréia no Brasil filme sobre Vasant Lad, primeiro médico de Ayurveda no Ocidente

1/2
Please reload

7 Costumes Tradicionais da Índia que previnem Vírus, pelo jornalista Udaylal Pai

18 Apontamentos sobre Meditação, uma visão moderna da prática por Ashish Jain

1/3
Please reload